Probióticos: o que são?

Probióticos são definidos pela Organização Mundial da Saúde como microrganismos vivos que, quando administrados em quantidades apropriadas, conferem benefícios à saúde das pessoas.

Há bibliografias que apresentam o termo como originário do latim, que significa “a favor da vida”: pro (a favor) e bios (vida).

Microrganismo é o nome dado a todos os organismos compostos por uma única célula e que não podem ser vistos a olho nu, sendo visíveis apenas com o auxílio de um microscópio.

Sua pele e seu sistema digestivo hospedam cerca de 2.000 tipos diferentes de microrganismos.

Probióticos são microrganismos benéficos presentes principalmente no seu intestino, que são responsáveis pela absorção de nutrientes, por melhorar o seu sistema imunológico e combater infecções.

São essenciais para a sua saúde digestiva, mas os benefícios do consumo não param por aí. Os probióticos intestinais são responsáveis por:

  • Combater doenças intestinais, como colite, síndrome do intestino irritável e doença de Crohn;
  • Melhora a função digestiva;
  • Melhora condições inflamatórias intestinais;
  • Produzir vitamina B12, butirato e vitamina K2;
  • Aumentar a absorção de alguns nutrientes, como vitamina B ou metionina;
  • Eliminar de bactérias, leveduras e fungos ruins;
  • Criar enzimas que destroem bactérias nocivas;
  • Combater doenças transmitidas por alimentos;
  • Combater as bactérias resistentes aos antibióticos;
  • Combater bactérias que causam úlceras;
  • Combater a candidíase, hemorroidas e infecção urinária;
  • Estimular a secreção de IgA e de células T reguladoras, aumentar a produção de macrófagos, que são células de defesa do organismo;
  • Reduzir a gripe e resfriados;
  • Gestão e prevenção do eczema em crianças;
  • Tratar doença hepática;
  • Reduzir o colesterol.

Os probióticos estão no organismo desde o nascimento. Se você não tem probióticos suficientes, os efeitos colaterais podem incluir distúrbios digestivos, problemas de pele, cândida, doença autoimune e resfriados frequentes.

Nós recebemos probióticos em abundância comendo alimentos frescos do solo e alimentos fermentados. Mas, devido à refrigeração e práticas agrícolas com o uso de agrotóxicos, a comida atualmente contém pouco ou nenhum probiótico.

Alimentos Ricos em Probióticos

Veja quais alimentos você deve incluir na alimentação para aumentar a ingestão de probióticos.

Kefir: Semelhante ao iogurte, o Kefir é uma combinação única de leite ou água e grãos de kefir.

Vegetais fermentados: Feito de repolho fermentado e outros vegetais. O chucrute possui probióticos e é rico em ácidos orgânicos, que dão ao alimento seu gosto azedo e melhoram a digestão. Além de prevenir doenças como o colesterol ruim. O que inclui também o picles e cebola em conserva.

Vinagre de maçã: Ótimo para controlar a pressão arterial, colesterol e diabetes, o vinagre de maçã possui vários outros benefícios para a saúde.

Chocolate amargo: O chocolate amargo que possui uma maior concentração de cacau (a partir de 70%) é rico em probióticos e prebióticos.

Ervilhas verdes: Elas possuem um poderoso probiótico que se desenvolve mediante baixas temperaturas. Cuidam da sua saúde digestiva, imunidade e limpam o organismo de toxinas.

Kimchi: Kimchi é um prato oriental, comum na culinária vegana. Preparada com pasta de pimenta vermelha, camarão salgado ou pó de algas. Porém, certifique-se que esteja livre de conservantes, soja e outro alimentos prejudiciais. O melhor seria preparar o kimchi em casa.

Azeitonas verdes: As azeitonas passam por uma fermentação natural, quando são deixadas na água salgada.

Quando os seus microrganismos intestinais ficam desequilibrados, o sistema pode se tornar um terreno fértil para bactérias más, leveduras, vírus, fungos e parasitas.

A maioria das pessoas, incluindo crianças, necessitam aumentar o consumo de alimentos probióticos devido ao uso de medicamentos prescritos, dietas ricas em carboidratos e alimentos industrializados.

Estes produtos químicos matam probióticos em seu sistema, que ao longo do tempo danifica seu trato digestivo.

Veja os principais elementos que impedem o seu corpo de absorver os benefícios dos probióticos:

  • Antibióticos (use somente com prescrição médica e durante o tempo indicado);
  • Açúcar;
  • Água da torneira;
  • Estresse emocional;
  • Químicos e medicamentos.

Estamos expostos a muitos desses alimentos, toxinas e estresse diariamente, e se você quer restaurar a sua saúde digestiva, eles devem ser evitados.

A única maneira de corrigir esse problema e tratar seu intestino é eliminar os alimentos que alimentam as bactérias más, e começar a consumir alimentos ricos em probióticos.

E sempre procure orientação médica para avaliar o estado da sua saúde.


Referências

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: